logo

Operadoras de Saúde: como se preparar para a visita técnico-assistencial da ANS

operadoras de saude

Medida visa avaliar o risco assistencial dos planos; uso de sistemas de gestão auxilia na organização das informações necessárias

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) divulgou mais um recurso para garantir a qualidade do atendimento aos beneficiários de planos de Saúde no Brasil. A visita técnico-assistencial foi regulamentada pela Instrução Normativa (IN) nº 53/2017, publicada no Diário Oficial da União em julho de 2017, e permitirá o exame das instalações das operadoras de Saúde em busca de não-conformidades, como parte do programa de monitoramento do risco assistencial. Portanto, é preciso que a organização esteja preparada para receber os auditores da agência, que irão verificar a confiabilidade dos dados enviados por elas.

Antes da regulamentação, a ANS agendava esse tipo de visita somente para sanar quadros graves de atendimento - o que continua a valer. No entanto, conforme a agência, a ideia agora é programar as visitas de acordo com o plano periódico de monitoramento do risco assistencial, dentro de critérios como capacidade operacional da empresa e análise do mercado como um todo. O plano será semestral e divulgado com antecedência às operadoras. Além de data e hora da vistoria, a ANS deverá notificar as organizações sobre a documentação que será solicitada durante a visita. Os prestadores de serviços terceirizados também poderão ser avaliados. 

Conforme a ANS, a medida auxilia no controle dos mais de 47,3 milhões de beneficiários da Saúde Suplementar existentes no País atualmente (dados referentes a junho de 2017). O que buscam esses beneficiários é a máxima qualidade no atendimento em Saúde e, portanto, as operadoras precisam se adequar para garantir resultados favoráveis durante a vistoria.

Tecnologia

Ferramentas tecnológicas têm papel de destaque no controle do risco assistencial das operadoras, de acordo com Luciana Silveira, diretora-executiva da Associação Nacional das Administradoras de Benefícios (Anab) e especialista de regulação e gestão de planos de Saúde. 

A especialista destaca que o ideal é que a organização mantenha o padrão de conformidade exigido pela ANS, e os sistemas informatizados podem ajudar nisso. “As operadoras de Saúde sabem que tem de andar na linha e seguir todos os requisitos e normas da agência reguladora. A visita técnico-assistencial, portanto, tem papel mais investigativo que punitivo. Tanto que a operadora é avisada sobre a vinda dos agentes e a respeito de quais documentos deverão ser apresentados.”

O monitoramento é uma iniciativa da ANS que tem por objetivo a prevenção de anormalidades que ponham em risco a continuidade ou a qualidade do atendimento à Saúde prestado pelas operadoras aos seus beneficiários. É constituído por dois eixos: o mapeamento do risco assistencial e o acompanhamento e avaliação da garantia de atendimento. Em ambos é possível contar com o auxílio de sistemas de gestão para operadoras de Saúde. Isso porque no primeiro eixo, a avaliação é feita com base em indicadores que aferem aspectos assistenciais, atuariais, estruturais e operacionais dos planos de saúde. “Ter informações organizadas e disponibilizadas em uma mesma plataforma, de forma ágil, facilita a prestação de contas à ANS”, comenta Luciana. 

O segundo eixo avalia o atendimento às necessidades de saúde dos beneficiários de forma adequada e em tempo oportuno, sendo uma maneira indireta de aferição da adequação da rede assistencial das operadoras. Nesse caso, sistemas informatizados também prestam auxílio, principalmente quando integrados à rede conveniada, por contar com o histórico de atendimento dos seus beneficiários, reunindo as informações necessárias para prestar a melhor assistência e garantir a segurança do beneficiário.

Luciana complementa ainda que, muitas vezes, a ANS oferece inclusive apoio para operadoras que apresentam não-conformidades comprovadas nas visitas. “A ideia da reguladora é assumir um papel de proximidade das organizações, em nome da qualidade do atendimento prestado aos beneficiários de planos de Saúde no País.”

Consumidor Moderno: As grandes recebem as pequenas

Consumidor Moderno Setembro de 2017 Conarec

Conarec: Grande com cultura pequena

Site ofical Conarec Setembro 2017 Grande com cultura pequena

Valor Econômico: Usuários ganham 92% das ações contra planos

Valor Econpmico Usuarios ganham92 das acoes contra planos 28.08.17

Estadão: Saúde suplementar torce pela retomada do emprego

Estadao Saude suplementar torce pela retomada 14.07.17

Healthcare Management: Luciana Silveira, diretora do ANAB, visita estande do Grupo Mídia na Hospitalar 2017

Healthcare Management 31.05.17

O Globo: Idosos e os planos de saúde (capa)

O Globo Artigo Luciana Silveira Idosos capa 29.05.17

O Globo: Idosos e os planos de saúde

O Globo Artigo Luciana Silveira Idosos planos saude 29.05.17

Consumidor Moderno: O envolvimento do departamento jurídico também beneficia o consumidor

Consumidor Moderno 28.04.17

Consumidor Moderno 2 28.04.17

Healthcare Management: Como manter um plano de saúde em tempos de crise - Por Luciana Silveira

Healthcare Management 31.03.17

O Globo: STJ valida regras de reajuste de planos de saúde por faixa etária

O Globo 15.01.17

O Estado de São Paulo: Mediação tenta evitar que paciente recorra à Justiça

O Estado de SP 14.10.16

Longevidade Segura

Ouça a entrevista na íntegra:

Summit Saúde - 2016

Ouça a entrevista na íntegra:

Planos coletivos de saúde pode ser a solução em época de crise

Clique aqui para baixar a publicação

Portal Segs: ANAB realiza Workshop de Regulação para suas associadas

Portal Segs 17.05.16

Brasil Econômico: Demissões fazem planos de saúde perderem 13,7 mil beneficiários por mês

Brasil Economico 28.02.16

Estadão: Nos planos de saúde, 13,7 mil beneficiários a menos por mês

Estadao.com.br 28.02.16

IstoÉ Dinheiro: Nos planos de saúde, 13,7 mil beneficiários a menos por mês

IstoE Dinheiro 28.02.16

Jornal do Commercio: Nos planos de saúde, 13,7 mil beneficiários a menos por mês

Jornal do Commercio 28.02.16

O Estado de São Paulo: Nos planos de saúde, 13,7 mil beneficiários a menos por mêsperadoras de Saúde: como se preparar para a visita técnico-assistencial da ANS

O Estado de SP 28.02.16

R7: Planos de saúde têm 13,7 mil beneficiários a menos por mês

R7 28.02.16

Correio Braziliense: Demitido tem direito a plano

Correio Braziliense 16.01.16

Folha de São Paulo: Plano de saúde

Folha de S.Paulo 04.11.15

Portal Segs: ANAB realiza II Fórum Brasileiro das Administradoras de Benefícios - 2015

Portal Segs 27.10.15

O Estado de São Paulo: Governo quer regular preços de laboratórios

O Estado de SP 23.03.15

Diário de SP: Combate à máfia das OPME

Diario de SP 04.02.15

O Globo: Defesa do consumidor

O Globo Planos Coletivos 10.12.14

Gestão de Pessoas em Foco: Empresas podem auxiliar seus colaboradores na adequada utilização dos planos de saúde

Gestao de Pessoas em Foco 07.12.14

CBN: Plano de saúde coletivo tem mesmas regras de cobertura e atendimento do individual

Ouça a entrevista na íntegra:

Associação Paulista de Medicina: Administradoras de benefícios se reúnem para discutir setor de saúde suplementar

Associacao Paulista de Medicina 2 03.12.14

Jus Brasil: ANAB lança "Guia do Consumidor de Plano de Saúde Coletivo"

Jus Brasil Defenda seus direitos 03.12.14

Tribuna Hoje: ANAB lança guia para consumidores de planos coletivos de saúde

Tribuna Hoje ANAB lanca guia para consumidores de planos coletivos de saude Novembro Dezembro 2014

Glamurama: Evento da ANAB reúne grandes nomes da saúde suplementar

Glamurama Evento da ANAB reune grandes nomes da saude suplementar 28.11.14

Folha de São Paulo: Anab promove evento para discutir temas relacionados ao setor

Folha de S.Paulo Mercado Aberto 25.11.14

Folha de São Paulo: Foco em prevenção e gestão

Folha de S.Paulo Foco em prevencao e gestao 30.10.14

Valor Econômico: Benefícios corporativos vão da saúde à educação

Valor Economico Beneficios corporativos vao da saude a educacao 28 10 14

Valor Econômico: Pressão de demanda impõe rigor na gestão dos custos

Valor Economico Pressao de demanda impoe rigor na gestao dos custos 27 10 14

Valor Economico Pressao de demanda impoe rigor na gestao dos custos2 27 10 14

Folha de São Paulo: Empresas desconhecem sua força diante das operadoras de planos de saúde

Folha de S.Paulo Empresas desconhecem sua forca diante das operadoras de planos de saude 12.10.14